Cloud Computing – 7 Curiosidades que você nem imagina.

Cloud Computing

Desde segurança até escalabilidade, a Cloud Computing ou Computação em Nuvem, traz uma série de benefícios e melhorias ao ambiente de TI (leia aqui algumas dicas para manter sua TI protegida) . Cada vez mais empresas disponibilizam serviços de Cloud Computing de forma que a mudança para este novo paradigma é irreversível.

O fato é que a Cloud Computing vem ganhando cada vez mais espaço no mundo da TI empresarial. Trabalhar com a Infraestrutura de TI em cloud é tendência mundial e vale sempre a pena ficar por dentro das novidades desta área. 

Neste artigo, trazemos 7 curiosidades e características da Cloud Computing que não são amplamente difundidas, a ideia é que os empresários aproveitem todo o potencial que a Cloud Computing traz.

Para iniciarmos, trazemos um tópico de certa forma previsível e já supra mencionado, mas sua importância é tamanha que vale a pena corroborar.

 

Cloud Computing

A Cloud Computing não é moda, chegou para ficar.

Se você imaginou que a Cloud Computing era apenas uma febre como várias outas, reveja seus conceitos. Um estudo da Exame realizado em 2016 afirma que 80% das empresas globais já adotaram a Cloud Computing.

Isso significa que não apenas as grandes empresas estão adotando a Cloud Computing, mas as de pequeno e médio porte também. Podemos afirmar que quanto mais empresas adotarem a Computação em Nuvem, menores serão os desafios de adoção e utilização desta tecnologia. O que nos leva ao próximo tópico.

 

Serve para empresas de todos os portes.

A partir da estatística acima, é fácil concluir que empresas de pequeno e médio porte também estão adotando a Cloud Computing, e um dos motivos é o baixo custo. No caso da nuvem pública, o usuário paga apenas pelo que utiliza, ou seja, é possível arcar com o custo de uma fração de um servidor (pois é só o que é utilizado) por exemplo.

 

Cloud Computing

Tem um custo de implantação inferior.  

Apesar de estar adotando uma tecnologia melhor e mais moderna, o custo dos processos de implantação é menor do que manter servidores físicos na sua empresa. Isto se dá pois as soluções mais antigas dependiam muito de Hardware, que normalmente são mais caros que Softwares e têm uma vida útil inferior.

De acordo com Mark Hurd, CEO da Oracle, as empresas poderiam economizar até US$ 300 bilhões com a migração para a Cloud Computing. Um dos fatores para tal é que ao longo do tempo, o custo com manutenção de equipamentos físicos é reduzido em até 70%.

 

A acessibilidade e gestão dos sistemas é mais simples.

Com a Cloud Computing, é possível acessar os dados a qualquer hora e de qualquer lugar, é necessário apenas uma conexão segura via internet. Desta maneira os responsáveis por prestar tarefas de suporte aos serviços também ganham agilidade.

Com a Computação em Nuvem, um chamado aberto pode ser atendido de forma 100% online. Ou seja, não demanda deslocamento físico dos técnicos economizando assim tempo e dinheiro.

 

Cloud Computing

A infraestrutura é mais flexível.

Quando falamos em bases de dados, os sistemas que não se baseiam em Cloud Computing apesar de robustos, tendem a ser pouco flexíveis. O que torna os processos de alteração estrutural no sistema ou de migração para outras bases de dados um verdadeiro pesadelo ao gestor de TI.

A utilização de Cloud Computing permite que os processos de migração e de melhorias na infraestrutura de TI sejam realizados de forma segura e automatizada.  O importante neste caso, é o planejamento e a estruturação do projeto.

 

Possibilita a utilização de Big Data.

Utilização de Big Data nada mais é do que a capacidade de processar uma grande quantidade de dados, a fim de obter parâmetros mais precisos para a tomada de decisão. Este processo também é conhecido com Inteligência de Mercado e permite que os gestores tomem decisões mais inteligentes a assertivas.

Com a utilização da Cloud Computing, é muito mais fácil de se integrar ferramentas de Business Inteligence (que fazem o processamento dos dados) para a obtenção de informações essências para a empresa.

 

Torna a escalabilidade possível.

Um dos aspectos mais importantes da Cloud Computing é sua escalabilidade, ou seja, é possível se iniciar um projeto contratando uma quantidade de recursos de infraestrutura de forma mais acessível. Esta solução interessa a todas as empresas, mas principalmente às de pequeno porte.

À medida que o projeto cresce e as aplicações vão sendo integradas, a infraestrutura cresce de forma escalável conforme a demanda. Ou seja, se você precisar de mais infraestrutura (poder de processamento e armazenamento), quer dizer que está tendo demanda e recursos para custear o investimento.

Em resumo, trata-se de um processo onde todos saem ganhando (leia mais sobre Cloud Computing neste artigo da Rock Content).

Tecnologia da Informação

Cloud ComputingSegurança da InformaçãoTecnologia da InformaçãoTerceirização de TI

Comments are disabled.

WhatsApp chat